Famílias Arco-íris?

quem são as famílias arco-íris? Testemunhos e realidades.

o saber não ocupa lugar

estudos sobre parentalidades, nova investigação científica, posições oficiais de ordens profissionais, etc

Recursos

Dicas, ideias e conselhos para mães & pais, para aspirantes a mães & pais, e para outr@s educador@s

notícias

Novidades sobre a vida de famílias arco-íris, em Portugal e no mundo.

agenda

Atividades e encontros, dentro e fora de Portugal

Home » notícias

Publicação de livro em crowdfunding: “Um dia na praia”

Submitted by on Saturday, 29 November 2014No Comment

serdifChamo-me Sónia Pessoa, nasci no Porto, tenho 45 anos, casada, e tenho dois filhos. Formada em Comunicação Social, trabalhei durante 10 anos no Jornal Público, no Porto.

Em 2008 editei o meu primeiro livro infantil, “Ser diferente é bom”, através da Editora Papiro.

O livro que me proponho agora editar, “Um dia na praia”, vem na sequência do primeiro, e insiste em valores como a amizade, a tolerância, a diferença, ou o direito a ela.

“Um dia na praia” é um contributo na educação infantil para a realidade de um mundo composto de diversidade. Preciso do vosso apoio para transformá-lo em livro (edição de autor) e tenho a certeza que, em nome da cidadania, haverá quem queira ajudar-me a torná-lo realidade.

 “Ser Diferente é Bom” foi o meu primeiro projecto literário (envio imagem em anexo), cuja edição esgotou em 2008. Uma significativa parte dos livros foi vendida para o Brasil, muitos através da internet, e grande parte em escolas. O livro foi mesmo objecto de uma tese de doutoramento da Universidade de Sorbonne.

Aquela foi, na verdade, a primeira de várias histórias que escrevi, e que pretendem ser uma chamada de atenção para temas que abordam a diferença, a tolerância, a amizade, entre outros. Pareceu-me que essa poderia ser uma resposta á necessidade de muitos educadores em abordar determinados temas com as crianças, assim como uma ferramenta muito útil para muitos pais.

O primeiro livro abordou a inclusão social, a emigração, a amizade, a adopção de crianças por casais homossexuais, ainda nem o casamento entre pessoas do mesmo sexo estava legalizado. Esse livro foi, aliás, o segundo livro infantil a nível nacional a abordar esta questão, ainda que indirectamente.

O novo livro (esboço em anexo), a que chamo “Um dia na praia“, que agora me proponho a editar, ao que sei, será o primeiro livro a nível nacional a abordar o tema de forma directa.

Debruçando-me sobre este assunto, ainda fraturante na sociedade portuguesa, pretendo dar um contributo para educar as crianças com base no respeito à diferença, no direito a que cada um de nós tem de escolher o que quer para si, com todo o direito de considerar essa escolha a melhor. A vivência de uma relação amorosa e de partilha da parentalidade com uma pessoa do mesmo sexo é ainda um tema tabu nos dias de hoje, e este livro serve para desfazer o preconceito que conduz à homofobia em desprimor do direito a uma família para cada criança.

Como a psicóloga Gabriela Moita escreveu na altura, e continua a fazer todo o sentido, “é efetivamente uma história sobre a amizade, pois é de amizade que se trata quando precisamos de saber conviver com as diferenças, mesmo se ainda não as conseguimos entender”.

O texto já está escrito. “Um dia na praia” é um contributo na educação infantil para a realidade de um mundo composto de diversidade. Para isso, preciso do vosso apoio para transformá-lo em livro (edição de autor) e tenho a certeza que, em nome da cidadania, haverá quem queira ajudar-me nesta abordagem inclusiva da diversidade familiar.

Ao longo da vida cimentei o meu gosto pela escrita e acredito que as palavras têm o poder de mudar o mundo. Esta edição de autor é um passo nesse sentido. Actualmente desempregada, não disponho de meios para suportar os gastos da edição, daí ter surgido a ideia de angariar fundos através do crowfunding, que só poderá concretizar-se com o apoio de todos vós.

ORÇAMENTO E PRAZOS

Uma vez que pretendo fazer uma edição de autor, ou seja, sem qualquer outro patrocínio preciso de angariar no mínimo 3.600 €, valor referente aos custos abaixo descritos:

– Impressão: 2030 €;
– Ilustrações: 1230 €
– Comissão PPL: 180 € (5%);
– Registo do livro na Biblioteca Nacional: restante valor

Tendo em conta o círculo de amigos e contactos a nível profissional, e que as ofertas médias rondam os 20 euros, conto atingir um total de cerca de 180 apoiantes, no prazo de 60 dias.

Metas a atingir: Novembro/Dezembro – angariação; Janeiro/Fevereiro – Ilustrações; Março/Abril – Tipografia. Abril – livro à venda

Partilha as tuas impressões!

Escreve o teu comentário. Podes fazer trackback do teu site ou subscrever atualizações dos comentários subscribe to these comments via RSS.

Partilha todas as boas ideias. E enterra as outras :)

Podes usar as seguintes tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este blog aceita Gravatar. Arranja um aqui!.