Famílias Arco-íris?

quem são as famílias arco-íris? Testemunhos e realidades.

o saber não ocupa lugar

estudos sobre parentalidades, nova investigação científica, posições oficiais de ordens profissionais, etc

Recursos

Dicas, ideias e conselhos para mães & pais, para aspirantes a mães & pais, e para outr@s educador@s

notícias

Novidades sobre a vida de famílias arco-íris, em Portugal e no mundo.

agenda

Atividades e encontros, dentro e fora de Portugal

Home » notícias

Marques Mendes. Referendo à co-adopção “é uma golpada”

Submitted by on Sunday, 19 January 2014No Comment
marquesmendesComentador considera que o PSD não agiu por princípios nem por convicção quando aprovou a proposta da JSD

Marques Mendes teceu duras críticas ao PSD por ter aceite a proposta para a realização de um referendo sobre a co-adopção por casais homossexuais, apresentada pela JSD e aprovada esta sexta-feira com os votos a favor da bancada social-democrata.

No seu espaço semanal, no “Jornal da Noite”, na SIC, o comentador classificou a atitude do seu partido de “golpada”.

“O PSD teve uma atitude absolutamente lastimável. Esta questão de defender o referendo não foi uma questão de princípio nem de convicção. Foi uma golpada”, acusou.

Para Marques Mendes, se fosse uma questão de princípio, o PSD não teria proposto o referendo agora, mas sim na altura em que a co-adopção foi debatida e votada no parlamento, lembrando que no dia da votação vários deputados faltaram à sessão, permitindo que a lei passasse no parlamento.

“Tentaram corrigir o erro, mas com um erro ainda pior”, referiu, acusando a bancada social-democrata de, com o referendo, estar “tentar ganhar na rua, aquilo que, por culpa própria, perdeu no parlamento”.

“Como isto não foi invocado no início, não é uma questão de convicção. Isto é um truque, uma golpada. Feito a meio do processo chama-se a isto um partido que se comporta sem princípios”, criticou.

Marques Mendes considerou ainda que Cavaco Silva não deverá deixar passar o referendo. Apesar do Presidente da República declarar que tem como princípio dar seguimento às propostas de referendo, o comentador lembra que quando o chefe de Estado se refere a essa posição também diz que o faz “em circunstâncias normais”. E “isto não são circunstâncias normais”, sustentou, referindo-se às prioridades do país no presente, com a situação de crise e os sacrifícios que estão a ser impostos aos portugueses.

O comentador defendeu mesmo que “se o Presidente da República convocar este referendo é a mesma coisa que suicidar-se na praça pública” e que, se o fizer, nem sequer ao PSD todo agradaria.

Marques Mendes comentou ainda as medidas recentemente anunciadas pelo presidente francês, François Hollande, e sustentou que foram um autêntico “murro no estômago” para António José Seguro, que em tempos apontou o socialista francês como exemplo europeu de uma agenda política que colocava o crescimento económico à frente.

Com o anúncio de um pacote de austeridade para os franceses, “António José Seguro levou esta semana um murro no estômago de Hollande”, disse o comentador.
Marques Mendes disse ainda que as eleições europeias vão ser uma prova de fogo para o líder do PS, decisivas para Seguro ganhar credibilidade junto do eleitorado como candidato a primeiro-ministro.

A esse respeito, o comentador lembrou a sondagem do i , realizada no final de 2013, em que os inquiridos consideraram que Passos Coelho está mais bem preparado que o líder do PS para governar o país.

As eleições europeias poderão ser , por isso, “um problema sério para Seguro”, embora Marques Mendes diga que o secretário-geral dos socialistas poderá ter “uma surpresa na manga” para as listas: João Proença, o ex-líder da UGT.

Sobre o desafio lançado esta sexta-feira por Passos a Seguro para um entendimento político sobre a despesa pública , para o pós-troika, o comentador defendeu que o primeiro-ministro devia apresentar até Fevereiro “um documento em concreto ao PS, não de uma forma partidária, mas nacional”.

in IONLINE, 18 janeiro 2014

Partilha as tuas impressões!

Escreve o teu comentário. Podes fazer trackback do teu site ou subscrever atualizações dos comentários subscribe to these comments via RSS.

Partilha todas as boas ideias. E enterra as outras :)

Podes usar as seguintes tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este blog aceita Gravatar. Arranja um aqui!.