Famílias Arco-íris?

quem são as famílias arco-íris? Testemunhos e realidades.

o saber não ocupa lugar

estudos sobre parentalidades, nova investigação científica, posições oficiais de ordens profissionais, etc

Recursos

Dicas, ideias e conselhos para mães & pais, para aspirantes a mães & pais, e para outr@s educador@s

notícias

Novidades sobre a vida de famílias arco-íris, em Portugal e no mundo.

agenda

Atividades e encontros, dentro e fora de Portugal

Home » notícias

Jovens europeus são cada vez mais tolerantes com casamento homossexual e adopção

Submitted by on Thursday, 25 October 2012No Comment
Os jovens europeus estão de acordo: os casais homossexuais devem ter direito ao casamento, com os mesmos direitos e deveres dos heterossexuais. A adopção também não é um problema

Em Portugal, desde 2010 que o casamento homossexual deixou de ser tema de debate. Com a legalização, qualquer casal homossexual pode casar, com os mesmos direitos e deveres aplicados a um casal de sexos diferentes. Alguns países europeus, por outro lado, não adoptaram a mesma medida.

Quanto ao direito à adopção, no entanto, ainda existe alguma discussão tanto cá como lá fora — excepto entre os jovens europeus: os números não deixam muito espaço para dúvidas. No mais recente inquérito do Parlamento Europeu dos Jovens, 85,5% dos jovens é a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Neste aspecto, a Polónia foi o país menos tolerante: dos 443 inquiridos, apenas cerca de 60% concorda. Já na maior parte dos países, entre eles Portugal, o número foi muito além dos 90%.

Não tão consensual é, novamente, o tema da adopção. Ainda assim, os números mostram que mais de 70% dos jovens europeus acreditam que os casais homossexuais devem poder adoptar crianças, tal como os outros casais. E apenas 15%, dos 30% restantes, “discordam completamente”. Quanto a este tema, a Polónia continua a ser o país mais intolerante mas, neste caso, poucos são so países que chegam ou ultrapassam os 90% de concordância — com excepção dos países nórdicos.

Maioria admite existir muito preconceito

Este estudo mostra uma tolerância crescente por parte dos jovens europeus, o que ainda não parece acontecer no geral dos países de que são oriundos. Mais de 80% acredita que existe um preconceito generalizado contra os homossexuais. No Chipre, Turquia, Croácia e Letónia não há margem para dúvidas: mais de 95% dos jovens inquiridos admite o preconceito da sociedade. Também em Portugal o número ronda os 85%.

64% dos participantes diz ainda que ser homossexual é um obstáculo a ter uma carreira, nos países a que pertencem. Neste aspecto, os números são muito diferentes: apenas na Turquia mais de 95% dos jovens tem esta crença sendo que, nos países onde existia mais preconceito, o número desce abrutamente nesta questão. Mesmo em Portugal, apenas pouco mais de 60% acredita que ser homossexual pode ser um entrave no futuro profissional.

Mais de 50% dos jovens acredita mesmo que a União Europeia devia tomar medidas e cortar o apoio ao desenvolvimento de países que violem os direitos dos homossexuais.

Neste estudo, realizado em Setembro e da responsabilidade do Parlamento Europeu dos Jovens (European Youth Parliament) em colaboração com a Fundação Mercator, participaram 5624 jovens oriundos de 45 países europeus e com idades entre os 16 e os 27 anos. Portugal foi representado por quase 400 jovens.

in Púbico P3, 22 outubro 2012

Partilha as tuas impressões!

Escreve o teu comentário. Podes fazer trackback do teu site ou subscrever atualizações dos comentários subscribe to these comments via RSS.

Partilha todas as boas ideias. E enterra as outras :)

Podes usar as seguintes tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este blog aceita Gravatar. Arranja um aqui!.