Famílias Arco-íris?

quem são as famílias arco-íris? Testemunhos e realidades.

o saber não ocupa lugar

estudos sobre parentalidades, nova investigação científica, posições oficiais de ordens profissionais, etc

Recursos

Dicas, ideias e conselhos para mães & pais, para aspirantes a mães & pais, e para outr@s educador@s

notícias

Novidades sobre a vida de famílias arco-íris, em Portugal e no mundo.

agenda

Atividades e encontros, dentro e fora de Portugal

Home » notícias

Centro LGBT encerrado

Submitted by on Wednesday, 19 February 2014No Comment

Lamentamos informar todas as pessoas que, ao longo de 17 anos, têm feito o Centro LGBT crescer e têm usufruído das diversas atividades e dos vários serviços de apoio que o Centro foi hoje encerrado.

Após 8 anos de contactos e alertas sistemáticos à Câmara Municipal de Lisboa, que detém o prédio que albergava o Centro LGBT, a degradação progressiva do edifício, agravada por sucessivas ocupações e inundações, levou, entre outros problemas graves, ao desabamento de várias zonas do teto. De acordo com o relatório dos bombeiros, manter o Centro em funcionamento significaria um risco de segurança, pelo que a única solução é o encerramento.
Este encerramento significa a inexistência de um local de trabalho para a equipa e para todo o voluntariado, comprometendo os diversos projetos da Associação e comprometendo a continuidade dos diversos serviços prestados, bem como a manutenção de um voluntariado que tem sido formado e acompanhado de forma sistemática.
Em 1997, a Câmara Municipal de Lisboa julgou suficientemente importante a existência de um Centro Comunitário Gay e Lésbico na capital do país para atribuir um espaço que, então, tinha condições adequadas ao seu funcionamento. Com base apenas no apoio de uma renda controlada, conseguimos desenvolver, alargar e diversificar os Serviços prestados (que incluem o Serviço de Aconselhamento Psicológico, a Linha LGBT, o Centro de Documentação, o Departamento Jurídico e o Serviço de Integração Social) e garantimos a expansão das atividades e projetos que decorrem no Centro, bem como a diversificação de Grupos a potenciar esse dinamismo e a garantir uma utilização sistemática do espaço em todas as suas valências.
Ainda hoje, este é o único Centro com estas valências no país. E a sua necessidade é evidenciada pelas várias centenas de pessoas que foram acolhidas e apoiadas pelos nossos serviços só ao longo do último ano.
Porém, durante 8 anos de tentativas e insistências junto da CML, e mesmo havendo compromissos vários assumidos, de forma transversal, nas campanhas para as eleições intercalares de 2007, autárquicas de 2009 e autárquicas de 2013, a procura de um espaço alternativo adequado ao Centro LGBT não foi nunca priorizada.
Já comunicámos à CML o encerramento do Centro LGBT, frisando que está em causa não só o reconhecimento do papel que este Centro tem desempenhado desde 1997 mas sobretudo a afirmação do papel que a própria CML deve ter na luta contra a discriminação e na promoção do bem-estar das pessoas LGBT e das suas famílias, que são alvo dessa discriminação.

Face ao encerramento do Centro LGBT após 17 anos de atividade, aguardamos com expectativa a definição efetiva da prioridade que a Câmara Municipal de Lisboa dá à existência de um Centro LGBT na capital do país – e a definição do papel que a CML deve desempenhar para o garantir.

Lisboa, 19 de fevereiro de 2014

Partilha as tuas impressões!

Escreve o teu comentário. Podes fazer trackback do teu site ou subscrever atualizações dos comentários subscribe to these comments via RSS.

Partilha todas as boas ideias. E enterra as outras :)

Podes usar as seguintes tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este blog aceita Gravatar. Arranja um aqui!.